Notícias/Imprensa

Nassal inicia projeto tecnológico Via Solum

Novo sistema apoiará o planejamento, controle e integração das obras da construtora

20140814174332_53ed1f74c353f.jpg
20140814174332_53ed1f74cba11.jpg
20140814174332_53ed1f74cf0e7.jpg

Com quase 4 mil imóveis entregues em 30 anos, a Nassal sabe que nem só de tijolo e cimento se ergue uma obra.

Com um crescimento em torno de 25% no último ano, 808 imóveis lançados só em 2013, sendo que 70% deste montante está comercializado, a construtora Nassal é uma das empresas mais competitivas de Sergipe.

Para tanto, manter-se pioneira, com gestão organizacional inovadora e com produtos atraentes, é um desafio dos que a fazem.

Ciente do seu momento, e da responsabilidade em entregar pontualmente e com qualidade cada lar, o setor de Tecnologia da Informação (TI), juntamente com a diretoria recebeu a liderança e gestores de Obras para apresentar o novo projeto da empresa, o Via Solum. 

O encontro aconteceu no auditório do Sinduscon, na manhã da segunda-feira (25) e reuniu parceiros das empresas Sagra – responsável pela produção do projeto – e Totvs.

“A nossa proposta é atender ao objetivo estratégico da organização, em oferecer subsídios que gerem eficiência e produtividade às obras com o redesenho do sistema Solum”, conta Antonio Cruz, gerente de TI.

Emerson Busto, executivo da Sagra, explicou que dentro do cronograma do projeto, haverá o desenvolvimento de indicadores, que serão métricas utilizadas pela Nassal para fornecer informações estratégicas para todos os níveis: operacional de obra, gestores, logística, suprimentos e para a diretoria.

“Através das métricas, a empresa poderá formular processos ou redesenhá-los, de acordo com a estratégia”, conta Busto.

O sistema Solum contemplará módulos de orçamento, de planejamento executivo e aquisitivo (de compras), além de controlar contratos, processos licitatórios, normas de contratação e avaliação de fornecedores.

Com o Kick off (início), já noticiado para as áreas envolvidas, a previsão é que o sistema entre em produção em março de 2014.

A supervisora de Obras, Rosa Nóbrega, enxerga o Via Solum como mais um ponto de inovação da Nassal em prol da sua melhoria de gestão. “Esse sistema proporcionará integração com as áreas, segurança orçamentária e uma execução mais precisa das oito obras em andamento”, conta.

Seu assistente, Bruno Almeida, enxerga como um desafio e uma oportunidade em poder participar do projeto. “Os pilares que devem balancear uma obra estarão sendo acompanhados com muito mais rigor com o Via Solum, que são: custo, prazo e qualidade. Este é mais um passo importante que a Nassal dá no mercado”, enfatiza o engenheiro.

A diretoria deu seu aval de engajamento e apoio ao Via Solum. “A transformação da Nassal acontece todo dia. Para trilharmos o caminho da longevidade, necessitamos desta ferramenta tecnológica de apoio, cujas decisões serão cada dia mais assertivas e estratégicas”, declaram José Arnaldo Nascimento, diretor Técnico e Carlos Alberto Herculano, diretor Administrativo.

Política de Privacidade 2014 Copyright - Todos os direitos reservados.
Alfamaweb